segunda-feira, 22 de abril de 2013

CORRER COM ASSESSORIA








Resolvi fazer esse post há umas duas semanas, quando muita gente começou a me perguntar sobre meus treinos de corrida.

Corro há 10 anos. Quem acompanha o blog, sabe toda a história do porquê eu ter começado a correr. Quando comecei, eu não treinava com assessoria, nem ajuda na academia eu pedia. Eu comprava umas revistas, daquelas "corra 21km em 4 meses" e fazia os treinos. Óbvio que meus tempos eram um horror e não melhorava nunca. Foi aí, que uma amiga minha me chamou pra correr na Assessoria dela. Além do clima ser muito legal e você conhecer várias pessoas com objetivos semelhantes ao seu, a assessoria monta planilhas personalizadas de acordo com o seu nível físico. 

O meu rendimento mudou muito, emagreci e hoje a minha paixão é a corrida. Termino um treino com aquela sensação de missão cumprida, sabe? Endorfina a mil, não existe uma sensação melhor!

Então, pedi ao Miltinho, meu treinador, que respondesse às perguntas que mais ouço e as que acho mais importantes pra vocês entenderem a importância do papel do educador físico na corrida.


1) Qual a diferença entre correr sozinha e com a orientação de uma assessoria? 

A diferença básica consiste em ter um acompanhamento personalizado e profissional, assessorando os meios para chegar ao fim, correr melhor, correr preservando a integridade física.

2) Por que não correr com as planilhas que vêm em revistas? 

Porque elas são focadas em um grupo e na maioria das vezes, você não se enquadra neste grupo experimental.

3) Existem exames que devem ser feitos antes de iniciar a pratica da corrida?

Sim, principalmente o teste de esforço e o ergoespirometrico. O teste ergoespirométrico é um teste que fornece alguns parâmetros para serem utilizados no programa de treinos.
Em corredores, o teste em geral é realizado em esteira, e o avaliado coloca um analisador de gases na boca, que verificará as diferenças entre entrada e saída de O2 e CO2. O avaliado é submetido a um protocolo de esforço progressivo, onde em intervalos de tempos regulares há um incremento na intensidade, seja aumentando a velocidade ou a inclinação (o que não é o ideal). O teste deve prosseguir até o avaliado dar um sinal de que chegou ao seu limite.
Como dados importantes para a prescrição do treinamento, o teste fornece as velocidades e a freqüência cardíaca correspondentes ao limiar aeróbio, anaeróbio e VO2 máximo. Sem ele, a planilha de treino deixa de ser tão individualizada.


4) Qual a importância da musculação para quem corre? 

Manter a musculatura preparada para quaisquer modificações de treinos e auxiliar no reforço articular.

5) É certo que temos que alternar pares de tênis durante os treinamentos? E devemos ter um específico para provas? 

Sim, o tênis se molda ao formato do pé. O interessante é ter no mínimo dois pares de tênis. Se a condição econômica permitir, seria bom, mas não imprescindível!

6) Perder um treino na planilha vai fazer muita diferença no final do ciclo de treinamento? 

Depende do momento da periodização. Não há compensação de treino, principalmente no momento competitivo, ou seja, próxima da prova ou competição!

7) Beber água somente antes e depois do treino é suficiente? Qual é a quantidade recomendada?

A hidratação se faz necessária sempre. Não é recomendável a hidratação em demasia antes da prova, pois fatalmente precisará esvaziar a bexiga e comprometerá a sua prova. Depois da atividade, hidratação e durante a cada 30 minutos em média, 110 ml de água ou solução (bebidas isotônicas)!

8) Correr todos os dias. Certo ou errado?

Não há certo ou errado. Contudo um volume alto de exercício aeróbio lhe levará a perda de peso e com ela a degradação de massa magra. É humanamente impossível manter um peso corporal com tanto exercício aeróbio, mesmo com uma ingesta de carboidrato alta, além de possibilitar o surgimento de inflamação na fascia plantar e outros.

9) O que é mais recomendado: corrida antes ou depois da musculação? Existe alguma diferença nesta escolha?

Já existem artigos definindo isto, porém  é relativo afirmar, pois alguns treinam musculação visando hipertrofia muscular e correr para manutenção. Treino dos músculos inferiores, corrida leve, uma vez que eles já encontram-se fadigados, levando o corpo a um linha tênue para lesão! Recomendo prudência, mas se não tiver escolha, corra depois! Lembre-se o treinamento é uma tríade: descanso, alimentação e treino.

10) Uma pessoa que está acima do peso pode iniciar a prática da corrida? Quais os beneficios, se sim e contra-indicações? 

Claro, contudo esta pessoa necessita de alguns exames específicos para lhe dar aptidão à prática esportiva: níveis sanguíneos, pressão arterial etc. Cuidado extremo, pois o sobrepeso além de favorecer a alta da pressão, bem como o batimento cardíaco, sobrecarrega as articulações. Não faça uso exclusivo da corrida para emagrecer, procure um nutricionista paralelamente, pois quando atingir o peso ideal, se parar por algum motivo, lesão por exemplo, a probabilidade de voltar o sobrepeso é enorme, como consequência não correrá mais, alegando que não encontrou prazer na prática esportiva.






14 comentários:

  1. oii Debs! sigo vcê no IG e aki no blog! e sempre vejo q vcê usa uns 'meiões', igual na primeira fto também! e gostaria d saber oqe é essa meia e qual a intenção d usa-lá para correr e malhar! obrigada, beijo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Livia!!
      Essa é uma meia de compressão! Eu so uso pra correr, é diferente daquelas que o povo usa nas academias pra fazer musculação.
      Ela ajuda,pelo menos pra mim, a não incharem tanto os meus pés durante os longos!
      Da uma olhada nesse blog aqui: www.runjurun.com.br a ju fez um post otimo sobre as meias!
      bjo!

      Excluir
  2. Debs! Comecei a correr por um motivo bem parecido que o seu...hahaha! Enfim, fiquei interessada em fazer esse teste de esforço e o ergoespirometrico. Quem faz? Ah! outra dúvida: quero comprar um Garmin mas to sem saber qual. Também não quero gastar horrores. Qual você usa? Beijos. Maísa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flor, aqui em Sao paulo, a amioria dos hospitais e laboratorios faz. Vc so precisa de um pedido medico que o convenio cobre! Qto ao Garmin, acabei de comprar o 610, que é so pra corrida, pq o meu quebrou, que era o 405. Esse 405, por ser modela mais antigo, é mais baratinho!
      bjo!!

      Excluir
  3. Roberta @roserena23 de abril de 2013 13:34

    Adoreiii... só queria saber quais exercícios podemos fazer para evitar lesões nos joelhos... J´´a faço musculação, mas queria saber em quais focar!!! Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flor!! Vou fazer um post sobre isso!!!
      bjoo!!

      Excluir
  4. Arrasou no post sua linda! Tô comentando pouco, mas estou sempre por aqui.
    Beijão

    ResponderExcluir
  5. Boa noite Debs, tudo bem?
    Deixei dois comentários pra você no IG, mas como não retornou vim te encher aqui... hahahaha
    Um foi pra te agradecer pela dica do exercício de equilíbrio no bosu, que realmente é muito bom. Virei fã dele agora!
    No outro te perguntei sobre o Osteo Bi-Flex. Treino corrida 2x na semana, uma "média" de 10k por treino, e musculação mais 2x. Você acha que é válido utilizar o Osteo Bi-Flex como preventivo? Não tenho nenhum problema de articulação, mas dá um medo de algo acontecer e ter que ficar parado. O que você acha?
    Obrigado, adoro seu IG... apesar de ser um menino perdido no Clube da Luluzinha... hahahahahahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii Rodrigoo!!! kkkkk Sabe o que acontece? É muita atualização e elas se perdem :-( dai tem muita coisa que não vejo! rs Foi ótimo vc escrever por aqui, ou, qdo for assim, me manda um email no que tem lá na minha bio do instagram!
      Vamos lá: qto à dica, por nada!!!! Esse exercício é um dos melhoress!!! Segundo: eu uso o osteobiflex desde que comecei a correr, por indicação do ortopedista. o que ele me disse foi o seguinte: ele previne o desgaste nas cartilagens e a corrida, pouco ou muito volume, judia demais delas. Então, eu uso há muito tempo! E vou te falar: qdo demora a chegar e acaba o meu, eu confesso que sinto umas coisinhas estranhas rssss
      Que bom que tem uns perdidos lá no meio das meninas! Desculpe so postar foto de bunda de mulher! ahahahahaaha

      bjo!!!

      Excluir
  6. aah tah! mto obrigada pela resposta e indicação da otra matéria.. um beijo :)

    ResponderExcluir
  7. Nossa debs, amei!!!
    Te sigo no IG, mas nunca havia entrado no blog...show, fia!
    Super me identifiquei com este post.
    Fui atleta dos 8 aos 18 (ginastica olimpica) e quando parei o esporte abandonei por um bom tempo tudo (treinava muito e fiquei saturada). Depois voltei a fazer atividade e parava...Comecei a correr um pouco antes de engravidar e retornei qdo ela tinha 5 meses e foi aí q.fiz minha primeira corrida de rua em 2011 10km. Continuei correndo, mas nada com aqueeela regularidade. Sei q nao eh desculpa qdo queremos, mas com minha filha pqna, sem baba, levando 2h p ir e 2h para voltar do trabalho eu nao cpnseguia me esquematizar para seguir treinos certinhod....e eu sou assim: se eu me proponho eu nao furo!!! hj estou com 38a, minha filha está com 4, meu horario mais tranquilo, a pqna ja nao fica doentinha o tp todo, e resolvi levar a corrida a sério, ou seja, correr sem furos, musculacao, nutri... Resolvi tentar minha primeira meia maratona, mas to com planilha de REVISTA...acho que tô roubada...mas vou encarar mesmo assim a meia do rj. Apesar disso, já vinha querendo uma assessoria...e este post so ratificou meu desejo
    , demonstrando o quao eh importante o acompanhamento individual.
    Vc indicaria alguma adsessoria no rj?
    Parabéns pelo blog!
    Bjo Anne (llollme)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai e depois vc entra pra uma assessoria! vc vai ver a diferença de rendimento!!!!
      bjo!!

      Excluir